Exclusivo

Bate papo com Lú ( Banca do milho ) em Vicente Pires DF

Se você está em busca de um lugar único...

Rodoviária de Brasilia: Empresas de transporte rodoviário estão considerando a possibilidade de restringir o número de ônibus nas concessões.

A nota emitida pela Semob aborda questões variadas, incluindo a possibilidade de restringir o acesso de ônibus, os custos relacionados à instalação de escadas rolantes, bem como a regulamentação de ambulantes e lojistas.

A Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob-DF) emitiu uma nota informativa sobre a concessão da Rodoviária do Plano Piloto. O documento esclarece questões levantadas por empresas interessadas na gestão do local durante a fase de aprovação do projeto de privatização. Dentre as dúvidas, destacam-se a possibilidade de restringir o acesso de ônibus, os custos de manutenção da escada rolante, mudanças no estacionamento e a presença de ambulantes.

Uma das empresas interessadas questionou se poderia, “em último caso, restringir o acesso dos ônibus ao terminal”. Esse questionamento foi feito no contexto da “tarifa de acostagem”, que é o valor a ser pago pela empresa de ônibus cada vez que um veículo parar no terminal. A Semob deixou claro que tal restrição não é permitida.

De acordo com a pasta, os ônibus do sistema de transporte público coletivo, que possuem Ordens de Serviço de operação emitidas pela Semob ou ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), não podem sofrer restrição de acesso, pois são considerados um serviço essencial conforme estabelecido na Constituição Federal.

O Governo do DF prevê uma receita anual de R$ 11 milhões com a tarifa de acostagem da concessão. Além disso, conforme esclarecido na nota, nem mesmo um eventual débito de uma empresa de transporte público com a concessionária vencedora da licitação pode impedir o acesso dos ônibus ao local.

Últimas Notícias

DF: Lago Sul terá áreas sem água nesta terça (16), para manutenção

Nesta terça (16), a Companhia de Saneamento Ambiental do...

Israel adia ofensiva em Rafah em meio a debate sobre resposta a ataque iraniano, dizem fontes

Israel estava pronto para dar os primeiros passos em...

G7 estuda adotar sanções contra o Irã, afirma primeiro-ministro britânico

O G7, grupo que reúne os países mais industrializados...

Gabinete de Israel encerra reunião para discutir resposta ao ataque do Irã

Um oficial israelense confirmou à CNN que a reunião...

Newsletter

spot_img

Não perca

DF: Lago Sul terá áreas sem água nesta terça (16), para manutenção

Nesta terça (16), a Companhia de Saneamento Ambiental do...

Israel adia ofensiva em Rafah em meio a debate sobre resposta a ataque iraniano, dizem fontes

Israel estava pronto para dar os primeiros passos em...

G7 estuda adotar sanções contra o Irã, afirma primeiro-ministro britânico

O G7, grupo que reúne os países mais industrializados...

Gabinete de Israel encerra reunião para discutir resposta ao ataque do Irã

Um oficial israelense confirmou à CNN que a reunião...

Ambulância pega fogo na BR-020, sentido Sobradinho/Brasília

Um incêndio atingiu uma ambulância da empresa UTI Vida...
spot_imgspot_img

DF: Lago Sul terá áreas sem água nesta terça (16), para manutenção

Nesta terça (16), a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) realizará serviços para a melhoria do sistema de abastecimento de água em...

Israel adia ofensiva em Rafah em meio a debate sobre resposta a ataque iraniano, dizem fontes

Israel estava pronto para dar os primeiros passos em direção a uma ofensiva terrestre na cidade de Rafah, em Gaza, mas adiou essa campanha...

G7 estuda adotar sanções contra o Irã, afirma primeiro-ministro britânico

O G7, grupo que reúne os países mais industrializados do mundo, está trabalhando em um pacote de medidas coordenadas contra o Irã após o...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui