Exclusivo

Bate papo com Lú ( Banca do milho ) em Vicente Pires DF

Se você está em busca de um lugar único...

Após alinhamento na era Bolsonaro, Itamaraty critica Israel por visita em área de disputa

O Itamaraty emitiu uma nota na terça-feira (3) em que critica a visita do ministro de Segurança Nacional de Israel, Itamar Ben-Gvir, à Esplanada das Mesquitas — localidade de Jerusalém considerada sagrada tanto por judeus quanto por muçulmanos.

Agora sob o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Ministério das Relações Exteriores afirmou “acompanhar com grande preocupação a incursão de Ben-Gvir”, que ocorreu na terça-feira. A nota ainda defende acordos internacionais que tratam da administração dos lugares sagrados muçulmanos em Jerusalém e o status quo da localidade.

“Ações que, por sua própria natureza, incitam à alteração do status de lugares sagrados em Jerusalém constituem violação do dever de zelar pelo entendimento mútuo, pela tolerância e pela paz”, aponta.

Leia mais

Em primeira reunião ministerial, Lula deve pedir pacote de medidas para reconstruir o país

Lula planeja roteiro internacional em até cinco países no primeiro trimestre

Equipe de Haddad avalia ajuste fiscal de R$ 223 bilhões em 2023

A pasta comandada pelo ministro Mauro Vieira ainda reitera a posição do Brasil em favor do equilíbrio e da paz nas relações entre Palestina e Israel. Durante a gestão de Jair Bolsonaro (PL), o Executivo federal adotou política mais alinhada ao governo israelense.

“O governo brasileiro exorta ambas as partes a se absterem de ações que afetem a confiança mútua necessária à retomada urgente do diálogo com vistas a uma solução negociada do conflito”, completa a pasta.

As tensões em Jerusalém

A incursão do ministro israelense recém-empossado elevou as tensões em Jerusalém. O complexo em questão é considerado o local mais sagrado para o judaísmo e o terceiro mais sagrado para islamismo.

A região contém a Mesquita de Al-Aqsa e os locais do Primeiro Templo e do Segundo Templo judaico, destruídos. Somente os muçulmanos podem rezar na região sob um acordo de décadas. Todavia, Ben Gvir acredita que os judeus também deveriam ter o direito de orar no espaço.

Político de extrema-direita, o ministro israelense já foi condenado por incitar o terrorismo e o racismo no passado.

Os palestinos imediatamente se opuseram à visita. “Condenamos veementemente o ataque do extremista Ben Gvir à abençoada Mesquita de Al-Aqsa e consideramos isso uma provocação sem precedentes e uma séria ameaça”, disse o Ministério das Relações Exteriores da Palestina em um comunicado.

Com informações de Abeer Salman, Irene Nasser e Elliott Gotkine, da CNN Internacional.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Após alinhamento na era Bolsonaro, Itamaraty critica Israel por visita em área de disputa no site CNN Brasil.

Últimas Notícias

Bilionários planejam nova viagem de submersível aos destroços do Titanic

Quase um ano após a operação fracassada do submersível...

Giselle Farinhas Advogados Lidera Campanha de Auxílio ao Rio Grande do Sul

  Em uma demonstração exemplar de responsabilidade social e...

Instituto Brasil-Israel (IBI) emite posicionamento sobre o ataque a Rafah

  O Instituto Brasil-Israel (IBI) divulga uma nota em...

Polícia de Massachusetts prende suspeito de esfaquear 6 pessoas nos EUA

No sábado (25), um suspeito foi preso depois que...

Newsletter

spot_img

Não perca

Bilionários planejam nova viagem de submersível aos destroços do Titanic

Quase um ano após a operação fracassada do submersível...

Giselle Farinhas Advogados Lidera Campanha de Auxílio ao Rio Grande do Sul

  Em uma demonstração exemplar de responsabilidade social e...

Instituto Brasil-Israel (IBI) emite posicionamento sobre o ataque a Rafah

  O Instituto Brasil-Israel (IBI) divulga uma nota em...

Polícia de Massachusetts prende suspeito de esfaquear 6 pessoas nos EUA

No sábado (25), um suspeito foi preso depois que...

Chefe da ONU diz que “horror” em Gaza deve parar após ataques de Israel em Rafah

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, condenou nesta terça-feira...
spot_imgspot_img

Bilionários planejam nova viagem de submersível aos destroços do Titanic

Quase um ano após a operação fracassada do submersível Titan, da OceanGate, uma dupla de bilionários quer usar um submersível para visitar os destroços...

Giselle Farinhas Advogados Lidera Campanha de Auxílio ao Rio Grande do Sul

  Em uma demonstração exemplar de responsabilidade social e solidariedade, o escritório Giselle Farinhas Advogados se destaca na liderança de uma campanha crucial de...

Instituto Brasil-Israel (IBI) emite posicionamento sobre o ataque a Rafah

  O Instituto Brasil-Israel (IBI) divulga uma nota em que repercute o ataque a Rafah, que culminou na morte de dezenas de civis. Abaixo,...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui