Exclusivo

Bate papo com Lú ( Banca do milho ) em Vicente Pires DF

Se você está em busca de um lugar único...

Posso me vacinar contra a gripe? Tire suas dúvidas sobre a imunização no DF

A vacinação contra a influenza começou na última terça-feira (19) em 125 salas das unidades básicas de saúde (UBSs) do Distrito Federal. O objetivo é imunizar pelo menos 90% da população que integra o grupo prioritário.

Se você ainda não se vacinou porque está com dúvidas, fique tranquilo. A gerente da Rede de Frio da Secretaria de Saúde do DF, Tereza Pereira, esclarece as principais questões envolvendo a imunização.

A expectativa é que, durante a campanha de vacinação para os grupos prioritários, mais de 1 milhão de pessoas sejam imunizadas entre 19 de março e 31 de maio.

Se após este período ainda sobrar doses, é possível que a vacinação se estenda para pessoas que não integram o grupo de risco. Todos os locais de vacina estão disponíveis no site da Secretaria de Saúde.

Tire suas dúvidas!

Meu filho teve dengue recentemente, ele pode tomar a vacina contra a gripe?

Pode, sim, desde que já não tenha nenhum sintoma da dengue. Se ele teve covid-19 e pretende tomar a vacina contra essa doença, é necessário esperar 30 dias; se teve dengue e quer se imunizar contra a dengue, é necessário esperar seis meses; se teve covid-19 e pretende tomar a vacina da dengue, basta aguardar a remissão dos sintomas; e se teve dengue recentemente e pretende se imunizar contra a influenza, é necessário esperar a remissão dos sintomas também.

Estou com suspeita de síndrome respiratória. Posso tomar vacina?

A nossa orientação é que as pessoas com síndrome respiratória aguardem a remissão dos sintomas para poder tomar a vacina contra a influenza para que não se confunda a doença com eventual reação do imunizante.

Tomei a vacina no ano passado. Devo tomar neste ano?

Sim, você deve tomar. Todo ano, as vacinas vêm com cepas diferentes. Em 2024, as cepas H1N1 e a H3N2 da imunização sofreram alterações. Isso significa que o cidadão imunizado estará protegido com uma vacina mais atualizada para combater esses vírus.

Quais são os efeitos colaterais mais comuns?

As reações que podem afetar uma pessoa recém-imunizada são: febre, dor no corpo e no local da aplicação e mal-estar. A previsão é que esses sintomas desapareçam em 24h. Caso esses indícios ultrapassem mais de 48h, a recomendação é que procure uma UBS mais próxima para avaliação do quadro.

Quando não se deve tomar a vacina da gripe?

As únicas contraindicações para a vacinação contra a influenza é para bebês menores de seis meses de vida e para pessoas que têm alergias graves a ovo. Nesse último caso, o recomendado é que a vacina seja aplicada no Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie), no Hospital Materno Infantil de Brasília, sob a supervisão médica.

Quem pode se imunizar neste primeiro momento?

As primeiras doses serão destinadas às pessoas que fazem parte do grupo prioritário, que são: idosos, crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, pessoas em situação de rua, professores do ensino básico e superior, trabalhadores da saúde, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e povos indígenas.

Bariátricos, diabéticos e hipertensos fazem parte do grupo prioritário?

Quem fez cirurgia bariátrica recentemente e ainda se encontra no quadro de obesidade, pode, sim, se vacinar. Diabéticos também estão aptos a receberem a dose. Já quem é hipertenso somente terá direito a receber a vacina, neste primeiro momento, caso tenha algum problema cardiovascular associado. Para comprovar a condição, o cidadão deve se dirigir à UBS com um relatório médico, receita de medicamentos ou cartão de acompanhamento em alguma unidade de saúde.

Últimas Notícias

DF: Construtoras são condenadas por propaganda enganosa de vaga em venda de imóvel

A 6ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do...

Saiba o que pode e o que não pode levar no dia do Concurso Público Nacional

ENEM DOS CONCURSOS Saiba o que pode e o...

Governo fortalece indústria do turismo com obras de infraestrutura espalhadas pelo Brasil

  Todas as regiões estão contempladas com empreendimentos para...

Newsletter

spot_img

Não perca

DF: Construtoras são condenadas por propaganda enganosa de vaga em venda de imóvel

A 6ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do...

Saiba o que pode e o que não pode levar no dia do Concurso Público Nacional

ENEM DOS CONCURSOS Saiba o que pode e o...

Governo fortalece indústria do turismo com obras de infraestrutura espalhadas pelo Brasil

  Todas as regiões estão contempladas com empreendimentos para...

EUA dizem não ter recebido detalhes antecipados sobre ataques de Irã a Israel

Os Estados Unidos afirmaram que “não foram notificados pelo...
spot_imgspot_img

DF: Construtoras são condenadas por propaganda enganosa de vaga em venda de imóvel

A 6ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) manteve decisão que condenou, solidariamente, a Trancoso Empreendimentos Imobiliários LTDA...

Saiba o que pode e o que não pode levar no dia do Concurso Público Nacional

ENEM DOS CONCURSOS Saiba o que pode e o que não pode levar no dia do Concurso Público Nacional As provas serão aplicadas no...

Feninfra: retirada da urgência do projeto que reonera folha é positiva, mas tema ainda pode ser retomado em duas MPs

Vivien Mello Suruagy lembra que medida recebeu apoio da maioria do Congresso, mas não sensibilizou governo, apesar da geração de empregos e investimentos A...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui